Ferrugem!

Leitura Bíblica: Mateus 6.19-21

Não acumulem tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem destroem (Mt 6.19).

A Ponte Pênsil, em São Vicente, litoral paulista, é sem dúvida o cartão de visita da mais antiga cidade brasileira, fundada em 1532 por Martim Afonso de Souza. Fabricada no exterior, foi montada e inaugurada em 1913, pouco antes da primeira guerra mundial.

Sua bela estrutura metálica se impõe como obra apreciada até nos dias atuais. A conservação da ponte, no entanto, exige permanente cuidado. A ferrugem, seu implacável inimigo, precisa ser detectada no seu início e logo combatida com técnicas modernas e com utilização de preparados químicos anticorrosivos.

Jesus mencionou a ferrugem no Sermão do Monte dizendo que é elemento destruidor das riquezas acumuladas na terra. Examinando o homem em seu interior, notaremos que há um tipo análogo de “ferrugem” que ataca sua vida. São pecados que alguns indevidamente consideram pequenos, mas que são altamente prejudiciais, pois se alojam às escondidas e corrompem o caráter humano.

Menciono alguns dos mais conhecidos: a hipocrisia, a mentira, a arrogância, o rancor, o ódio, a intriga, a inveja, o ciúme, a cobiça e outros mais. Mancham o caráter e contaminam a consciência. Como vencê-los e extirpá-los de nossas vidas, sabendo que o ser humano é naturalmente inclinado à prática de pecados?

O recurso válido para combater esse tipo de ferrugem é aplicar “anticorrosivo” espiritual, ou seja, obter a presença restauradora de Jesus Cristo. Somente Ele tem condições de oferecer ao homem a segurança de uma terapêutica eficaz para debelar o mal. Acabou com a ferrugem nas vidas de Zaqueu, da mulher de Samaria e nas de tantos outros que o procuraram e fará o mesmo com todo aquele que o buscar com sinceridade de coração.

Você pode ser vencedor nesse combate espiritual. Use o poder restaurador de Jesus Cristo, solução final para o problema da “ferrugem” que corrompe o espírito humano.

A presença restauradora de Cristo recupera o homem atingido pelo pecado.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *